Dicas

Plantas e arranjos artificiais, e sua manutenção

Antigamente existia um certo preconceito com as plantas e flores artificiais, e por esse motivo, por muito tempo deixaram de ser um item de decoração das casas, escritórios e afins. Porém o setor aprimorou a técnica e hoje confecciona lindos arranjos que mais parecem naturais. A semelhança com as plantas e flores naturais, fez a mudança de nomenclatura desse item deixar de ser chamada de “artificial”, para ser chamada de “permanente”.

Se você ainda tem alguma resistência à adoção das flores e plantas permanentes na decoração do seu ambiente, saiba que muitas produções cinematográficas e televisivas consideradas de extremo bom gosto por arquitetos, designers de interiores e decoradores, costumam decorar a seu cenário com flores e plantas permanentes. A variedade é imensa entre as flores podemos citar: rosas, lírios, lisianthus, copo de leite, strelitzia, hortênsia, orquídeas, flores tropicais e muito mais. Para o interior podemos citar exemplos de árvores e arbustos permanentes, é o caso da fícus, palmeira, yucca, dracena, primavera, bambu mossô. Esses itens são muitos utilizados pela rede hoteleira, restaurantes, escritórios e residências. Os itens permanentes não exigem a mesma manutenção que exige um item natural para prolongar sua beleza. A baixa manutenção, a longa durabilidade, a beleza permanente é um dos fatores para aquisição desse item.

Manutenção de suas Plantas Artificiais e algumas dicas:
Limpe as folhas com um pano umedecido em água e sabão, em baixa temperatura. Em ambientes úmidos use um secador de cabelos para secá-las. Para folhagens pequenas e em grande número, coloque a planta num saco plástico com água e sabão e sacuda. Troque as flores e folhas assim que a cor original começar a desbotar ou manchar por conta da umidade ou simplesmente começarem a desfiar. Vasos transparentes com Copos-de-leite transmitem uma aparência de sofisticação ao ambiente. Você pode colocar as orquídeas artificiais num xaxim artificial (fibra de coco). Folhagens tropicais caem bem com bromélias, dão um colorido e ao mesmo tempo não causa a perca da neutralidade. Não exagere nas folhagens tropicais, um arranjo com folhagens tropicais deixa o ambiente extremamente neutro e ao mesmo tempo colocar muitas plantas tropicais juntas causam uma confusão visual, pelo fato da presença delas serem muito marcantes.

Orquídeas são lindas sozinhas, não é apropriado misturá-las, mas se preferir pode misturá-las com as folhagens tropicais, não exagerando. Lírios e rosas podem ser misturados, mas o ideal é que esteja em um ambiente extremamente feminino. Lembre-se, não peque pelo exagero a intenção da adoção das plantas, folhagens e flores naturais na decoração de ambientes é que elas transmitam a imagem e sensação de que são flores naturais. A Mimo´s e Flores presta toda a Consultoria em arranjos florais, montamos o arranjo perfeito para combinar com a decoração da sua casa!